domingo, 16 de janeiro de 2011

O motor vw 2017 cm Pumakit - Fase de acerto

Já comentamos aqui no blog sobre o motor vw 2017 cm3, inspirado nos Pumakit de veneno dos anos 70, que montamos para o nosso Fusca 1972 com sunroof. Acontece que o motor não estava afinado, roncava feio, um barulho de batida de válvula que dava vergonha.

Durante o II Encontro de Fuscas e Derivados de Soledade/RS realizado em 2010, conheci o Leonir e o Mateus Back, especialistas em motores vw a ar, da cidade de Espumoso/RS, sendo eles proprietários de uma gaiola de corrida de terra, aqui no RS chamamos essas provas de 'velocar'.

Jean, Mateus e Leonir

Depois de longos papos via msn, combinamos que o Leonir e Mateus irião dar uma olhada no motor 2 litros do Fusca. A primeira 'consulta' foi numa sexta-feira de tarde, cheguei lá as 18 horas. MEU DEUS, como tinha coisa errada no motor: faltava equalizador no coletores dos carburadores; a bomba de gasolina estava com muita pressão; um carburador estava afogando; os solex 40 precisavam de uma regulagem 'do ar'; velas com grau térmico muito frio; ponto de ignição muito atrasado e o mais grave, o sistema de balanceiro do lado esquerdo do motor estava errado. Um dos balanceiros (ou balacim) em vez de empurrar a valvula com o parafuso de regulagem de válvula, estava 'batendo' a cabeça do balanceiro no prato da valvula e estragando a aste na válvula. Sorte a minha que não pegou na chaveta da válvula, dai já era cabeçote, pistão, biela e virabrequim. O Leonir solucionou os problemas citados, colocou o motor no ponto certo de ignição, remontou o sistema de balanceiros e o motor ficou tão silencioso como o motor 1300 do meu Fusca 1960. Acabei chegando em casa as 0:30 horas de sábado.

Durante a semana combinamos que no sábado (15/01) de manha eu voltaria a Espumoso. Fiquei encarregado de passar a mangueira de retorno para o desborbulhador e o Leonir já ia deixar os niple prontos para instalação do equalizador dos coletores do Solex 40. Tudo ia indo muito bem, niples instalados nos coletores, equalizador funcionando, desborbulhador instalada e funcionando, carburadores regulados. Sem falar que descobrimos uma passagem de ar falsa num dos carburadores, não tinham fechado a saída de vácuo que vai ligada no avanço do distribuidor.

Tudo acertado, Mateus e eu fomos para a estrada dar uma esticada. Na reta e a subir o fusca ia pedindo marcha e o giro subindo, já chegando a 160 km/h e sobrando giros, senti que o motor deu uma falhada, tirei o pé e o hallmeter já enlouqueceu. Voltamos para a garagem para encontrar o problema, que no caso era falta de marcha lenta, mistura pobre segundo acusava o hallmeter. O Mateus achava que era alguma sujeita no sistema de baixa dos carburadores. O Leonir diagnosticou que um dos carburadores não funcionava e depois de algum tempo eu sugeri para ver se não tinha algum coletor frouxo. Acertei, o Leonir foi verificar o coletor do lado esquerdo e o mesmo estava quebrado na base de uns dos dutos. Isso já era passado do meio dia. Sorte que o pessoal da tornearia que tem solda para alumínio estava fazendo um churrasco, os quais prontamente soldaram o coletor, retiraram o excesso de solda e o Leonir lixou a base do coletor.

Voltamos para a garagem, instalado o coletor e carburador, ligamos o motor e tudo voltou a funcionar perfeitamente. Ainda deu tempo para tirar uns vazamentos de óleo nos T dos sensores dos relógios de pressão e temperatura de óleo.

Depois que o Leonir e o Mateus começaram a cuidar do motor 2017 cm3 a 'usina de força' mudou da água para o vinho. Agora o motor tem marcha lenta estável e a 900 rpm com o motor quente; sobre de giros de forma suave, o ronco 'afinou' e ficou bonito e desapareceu a 'batida' de válvulas do motor. Se com todas essas coisas erradas o fusca já voava baixo, imagina agora. Ainda temos algumas coisinhas para acertar, mas agora estamos no caminho certo.

Um comentário:

  1. é por isso que eu falo... antes de eu imaginar em fazer um motor desses, te deixo de cobaia.

    ResponderExcluir