quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Essencia de Aniz Doce

No último domingo estive na cidade de Arvorezinha, interior do RS, visitando os parentes da minha mãe e como eles sabem do meu gosto por antiguidades, fui presenteado com uma garrafa de essência de aniz doce, produto que era utilizado pelo tio da minha mãe para produzir "gasosa" que era como chamavam os refrigerantes antigamente.


Essa garrafa de "essencia de aniz doce" foi produzida pela empresa Vva. H. E. Kunz & Cia, naquela época localizada na rua Sinimbú, 1380, Caixa Postal 217, na cidade de Caxias do Sul, RS. Curiosidade é o numero do telefone: 956 - end. tel "corak". Não me perguntem como funcionava esse sistema pois não sei! Outro detalhe é o CGCMF, atual CNPJ da empresa que naquele tempo tinha somente 8 algarismos.


Pesquisando no Google, encontrei algumas informações sobre a Vva. H. E. Kunz & Cia:

Diário Oficial da União, edição n. de 24/11/1966, Seção 1. Pags. 35 e 36

DEPARTAMENTO DE PESOUISAS E EXPERMENTAÇÃO
AGROPECUÁRIA
Instituto de Fermentação
REGISTRO DE PRODUTOS
Relativo ao mês de setembro de 1966.
...
Vva. H. E. Kunz & Cia. - R. Sinimbú - 1380 - Caxias do Sul -Rs. - Extrato de fernet, mi Kunz, reg. 592. - Extrato pi vermute doce, mi Kunz, reg. 593. - Extrato de vermute branco seco, mi Kunz, reg. 594. - Extrato de vinho composto, ml Kunz, reg. 595. - Extrato de Bitter Booneckamp, mi Kunz, reg. n9 596.

Outros dois arquivos PDF não foram possíveis abrir devido a erros na origem.

Se alguém tiver mais informações sobre a Vva. H. E. Kunz & Cia pode postar nos comentários.



2 comentários:

  1. "end.tel." era endereço telegrafico.
    As empresas, ou pessoas, faziam cadastro na EBCT (Empresa Brasileira de Correios e Telegrafos) e recebiam um "nome código".
    Mais ou menos como o endereço eletronico de hoje...

    ResponderExcluir
  2. Essa essência de aniz doce deve ser natural e não de essências artificiais.Preciosa. Ótima para brindar a chegada de 2012,ou melhor deixa para mais uns 50 anos para frente;é o que te desejo como amigo e frequentador do blog.PAULO A.TREVISAN

    ResponderExcluir